ONG Cão Viver

Blog Cão Viver

Abandono de animais aumenta no período de férias
Publicado em 20 de junho de 2015

Em entrevista a CBN no mês de dezembro de 2014, Marco Ciampi da ONG Arca Brasil em São Paulo alega que o abandono animal aumenta consideravelmente no período de férias escolares. Segundo dados da SUIPA (Sociedade União Internacional de Protetora dos Animais) do Rio de Janeiro, nesse período o aumento é de cerca de 70%. A SUIPA afirmou que a média mensal de animais abandonados foi por volta de 28; em novembro o número cresceu para 95, e já nos primeiros 10 dias de dezembro de 2014 foram 49. Os donos saem de viagem e simplesmente abandonam o animal nas ruas como se fosse um objeto usado que não querem mais.

Apesar da realização de várias campanhas de conscientização e tentativa de mobilização por meio das redes sociais, muitas pessoas na hora de adquirir um animalzinho ainda pensam nele como um “enfeite”, desconsiderando o fato de que ele irá crescer, fazer bagunça, comer e eventualmente exigir alguns gastos extras com sua a saúde. Marco Ciampi da ONG Arca Brasil fala sobre o “abandono de férias”, que tem o seu auge no mês de janeiro. O voluntário afirma que a pessoa ao adquirir um animal deve ter a consciência de que ele irá viver 15 anos ou mais e que é como um membro da família. Ciampi compara o fato a deixar uma pessoa idosa ou um bebê abandonados, por exemplo, porque são vidas tão vulneráveis quanto à de um animal.

Segundo a veterinária e comentarista da rádio CBN Vitória Tatiana Sacchi, além do abandono nas ruas, muitas pessoas deixam os animais nas portas das ONGs ou Centros de Zoonoses que estão sempre lotados e muitas vezes sobrevivem de doações. A veterinária lança ainda outro dado alarmante: segundo balanço feito em várias ONGs, para cada 10 cães, 1 é adotado. No caso dos gatos é ainda pior, porque para cada 28, apenas 1 consegue um lar.

Fontes: CBN; Gazeta Online

Conheça os “Cuidadores de Cães”

Muitas pessoas ao planejar suas férias todos os anos acabam caindo no mesmo dilema: onde deixar o  animal de estimação. Alguns locais não aceitam animais e os hoteizinhos,além de ficarem cheios nas épocas de final de ano, nem sempre são a melhor alternativa. Pensando nisso, algumas pessoas passaram a ir até a sua casa e dedicar um bom tempo a cuidar do seu bichinho, ou até mesmo ceder aprópriaresidência para receber os hóspedes caninos: são os Petsitter ou Cuidadores de Pets.

A modalidade vem crescendo cada vez mais e ganhando adesão dos donos, porque com os Petsitters geralmente os animais ficam soltos, com mais liberdade, e o preço pode ser mais em conta.O site Pethub reúne anúncios de quem busca e de quem oferece o serviço. Além de trazer os custos, apresenta um breve perfil do cuidador, com fotos e alguns dados. Fique por dentro de como funciona o serviço: http://pethub.com.br/


Autora: Nicole Alves

Sobre

O Blog da Cão Viver tem a intenção de trazer conteúdo informativo e dicas aos donos de pets e apoiadores da causa animal. Aqueles que já têm um animalzinho ou pensam em adotar, encontrarão semanalmente diversas informações, que vão desde dicas de saúde e comportamento, até discussões sobre as notícias mais recentes dentro do mundo animal. Boa leitura!


Busca

Últimos posts
Topo

Rua 1º de Maio, 165 - Bairro Braúnas - CEP: 32.186-429 - Contagem / MG
Visitas e adoções: 3a, 5a e 6a, das 14h às 16h; sábado, das 13h às 16h / Consultas: de 2ª a sábado, das 9h às 12h e das 14h às 16h

2D Comunicação Impressa e Digital