ONG Cão Viver
Nossos Parceiros

Bob

A fila anda!
Publicado em 17 de maio de 2013
Idade Sexo Pelagem Porte
Adulto Macho Longa Pequeno

Informação

bob02 bob04 bob06

bob09

     Era uma vez um cachorro, ou melhor, “o bicho”. Seu nome é Bob. Foi entregue no abrigo pelos donos, que disseram que ninguém domava aquela fera. Mordia em todos e em qualquer um, com ou sem motivo. Não aceitava a presença de outros cães e brigava com qualquer um. Nada seria capaz de desestimular a índole assassina do lobo selvagem que o habitava. 

     Este histórico indica um cãozinho que não foi socializado, nem com pessoas, nem com outros animais. Possivelmente, viveu desde filhote confinado em um canil, sem assistência, sem convívio estreito com os donos, sem conhecer outros cães.

     Criam a fera e depois a entregam em um abrigo de animais. Mais triste ainda saber que ele tem as características de cachorrinho de colo. Nasceu pra conviver com os donos dentro de casa. Apesar disto, está agora em um abrigo de animais, confinado mas, não mais solitário.

     Apesar do absurdo, talvez aí a história dele tenha começado a mudar. Isto porque ele acabou caindo na Cão Viver. Quando chegou estava muito arredio e distribuiu dentes aos quatro ventos. Mordeu uma penca de gente por lá.

     Em troca, recebeu carinho, atenção, brincadeiras e petiscos. Passou a aceitar os funcionários que já o pegam, colocam no colo, dão banho, escovam-lhe o pelo e o acariciam, sem problemas.

     Na verdade, o vovô Bandeira tem cheirinho de patê. (Desculpa essa aí Véi, mas vale tudo pra tentar mudar o destino da turma né?)

bob05

bob06

     Nos primeiros dias, não podia ser deixado com outros cães, mas isso seria só uma questão de tempo. Demonstrava sentir ciúmes, principalmente daqueles funcionários preferidos. Quando ficava solto, corria e pulava como um coelho, sempre com a cauda levantada, sinal clássico do macho dominante.

     Com a atenção e o trabalho de socialização que foi feito com ele, os resultados já são visíveis. Com os funcionários, ele é outro cachorro. Brincalhão, esperto, carinhoso e carente. Demonstra afeto e até gratidão. Ele já demonstra gostar de gente e de companhia, inclusive de outros cães. Tudo isso indica que ele vivia mesmo em condições muito precárias. Índole assassina? Ele nunca teve isso. Era apenas a forma de se defender. Mantendo os humanos afastados, menor a chance de ser agredido.

     Alguns diriam que ele precisa nascer de novo. Bobagem esta história de que não se ensina truques novos a cães velhos. Primeiro que o Bob ainda é jovem. Segundo, eles aprendem qualquer coisa e se acostumam muito rápido com as coisas boas.

bob08


A Adoção

Bob_adocao2


Bob foi apadrinhado por:
• Grupo RI


História retirada do site O Lobo AlfaO Lobo Alfa

Visitas
Online: 2
Hoje: 71
Esta semana: 1389
Total: 641579

Não compre animais, adote!

Rua 1º de Maio, 165 - Bairro Vila Boa Vista - CEP: 32.186-429 - Contagem / MG
Visitas e adoções: 3ª a 6ª, das 14h às 16h (consulte documentos necessários); sábado, das 13h às 16h / Consulta - R$85,00: 2ª a sábado, das 8h às 16h (por ordem de chegada).

2D Comunicação Impressa e Digital