ONG Cão Viver

Blog Cão Viver

Como acostumar cães e gatos em um mesmo território
Publicado em 30 de maio de 2015

Alguns donos passam por um grande estresse na hora de receber um bichinho de estimação já tendo outro em casa. Quando acontece entre cães e gatos, o conflito pode ser ainda maior, dificultando uma convivência harmônica. No entanto, sabemos que isso não é impossível e, apesar de os animais agirem por instinto, é possível proporcionar uma boa convivência que pode até resultar em uma amizade entre ambos. Veja algumas dicas de como acostumar um cão com um gato.

Cães e gatos lidam de forma diferente com o próprio território. Quando ambos crescem juntos, a possibilidade de dar certo é maior, porque ambos irão descobrir o espaço e seus limites juntos; o cuidado maior deve ser com a alimentação e higiene dos dois, que devem ser colocadas em locais separados. No entanto, existem outras situações que podem ser mais delicadas:

Cachorro adulto com gato filhote
Se o seu cão costuma ser muito territorialista e você já conseguiu observar um tratamento agressivo com outros animais, talvez seja melhor contratar um adestrador para auxiliar nessa aproximação. Se o cão for dócil é mais fácil, mas em ambas as situações é preciso que ele seja obediente. A principal tática é tratá-los da mesma forma. O cão irá interpretar o gatinho como um intruso, então tratá-lo de forma diferente pode gerar ciúmes e, consequentemente, uma reação agressiva. Depois, é preciso associar o gatinho a coisas boas; ao apresentá-lo, dar brinquedos, carinho e petiscos ao cão pode ser uma boa estratégia. Durante a apresentação, evite repreender o cão e associe o gatinho sempre a comportamentos positivos. Inicialmente, esse contato deve ser supervisionado para garantir que nada dê errado.

Gato adulto com cão filhote
Gatos são um pouco mais relutantes do que cães em receber um novo animalzinho em casa e são naturalmente menos interativos. A associação com coisas positivas também deve acontecer aqui, e dar brinquedos e petiscos aos gatos enquanto apresenta o novo animalzinho também pode ajudar; no entanto, é importante que as unhas dos gatos estejam bem cortadas. Gatos gostam de estar no controle, então é importante que essa aproximação não seja feita à força, respeitando o tempo do animal. O ideal é que ele se aproxime sozinho, sinta seu cheiro e se familiarize. Esta introdução requer paciência e também deve ser supervisionada.

No caso de dois animais adultos, as mesmas atitudes devem ser tomadas, porém com mais cautela. Talvez esperar alguns dias para apresentá-los possa ser benéfico, porque dessa forma eles já vão se acostumando com o cheiro um do outro. A relação pode demorar mais um pouco para ser construída, mas é possível até que nasça uma amizade entre ambos.

Autora: Nicole Alves

Sobre

O Blog da Cão Viver tem a intenção de trazer conteúdo informativo e dicas aos donos de pets e apoiadores da causa animal. Aqueles que já têm um animalzinho ou pensam em adotar, encontrarão semanalmente diversas informações, que vão desde dicas de saúde e comportamento, até discussões sobre as notícias mais recentes dentro do mundo animal. Boa leitura!


Busca

Últimos posts
Topo

Rua 1º de Maio, 165 - Bairro Braúnas - CEP: 32.186-429 - Contagem / MG
Visitas e adoções: 3a, 5a e 6a, das 14h às 16h; sábado, das 13h às 16h / Consultas: de 2ª a sábado, das 9h às 12h e das 14h às 16h

2D Comunicação Impressa e Digital