ONG Cão Viver

Blog Cão Viver

Otite: o que é e como tratar
Publicado em 24 de outubro de 2015

Seu animalzinho coça muito a orelha e, invariavelmente, chora quando faz isso? Ele pode estar com otite, uma inflamação na parte externa da orelha, que pode ser crônica ou aguda. Com maior incidência em cães (cerca de 20%) do que em gatos (2%), a doença pode acometer animais de qualquer idade. Leia mais para saber os principais sintomas e como é feito o tratamento.

A otite é mais comum em cães com orelhas longas e caídas, como das raças Cocker Spaniel, Golden Retriever, Cavalier King Charles Spaniel e Basset Hound, porque as orelhas caídas dificultam a entrada de ar e, consequentemente, geram um ambiente mais úmido e mais propício ao desenvolvimento de fungos e bactérias. Pode se manifestar de diversas formas, como infecção (ocorrência de pus, deve ser tratada com antibióticos); fungos (a forma mais comum de otite, caracterizada pela cera com cheiro adocicado); parasitas (ácaros e carrapatos são agentes desse tipo de otite); produção excessiva de cera (pode ocasionar a inflamação) e sarna (também pode desencadear a doença).

Os sintomas em cães podem variar, mas se você perceber comportamentos como coceira intensa nas orelhas, o animal ficar com a cabeça virada para o lado, inchaço das orelhas, perda de audição, dor intensa nas orelhas quando alguém encosta e ferimento atrás das orelhas de tanto coçar, é importante leva-lo ao veterinário com urgência. O tratamento está associado à limpeza frequente das orelhas bem como uso de medicação tópica. É importante respeitar os horários e a quantidade correta de gotas do remédio para garantir o sucesso do tratamento.

Para prevenir a doença, é importante manter a higiene das orelhas do seu pet. Limpar uma vez por semana, fazer uma tosa higiênica no local e manter as orelhas do animal sempre secas são medidas de precaução. Levar ao veterinário frequentemente para check ups também é imprescindível. A incidência de otite é mais comum do que se imagina, portanto, é importante ficar atento ao comportamento do animal, porque ele pode estar sentindo dor e desconforto e, ainda que não tenha como te dizer isso, ele pode demonstrar de diversas maneiras.

Autora: Nicole Alves

Sobre

O Blog da Cão Viver tem a intenção de trazer conteúdo informativo e dicas aos donos de pets e apoiadores da causa animal. Aqueles que já têm um animalzinho ou pensam em adotar, encontrarão semanalmente diversas informações, que vão desde dicas de saúde e comportamento, até discussões sobre as notícias mais recentes dentro do mundo animal. Boa leitura!


Busca

Últimos posts
Topo

Rua 1º de Maio, 165 - Bairro Braúnas - CEP: 32.186-429 - Contagem / MG
Visitas e adoções: 3a, 5a e 6a, das 14h às 16h; sábado, das 13h às 16h / Consultas: de 2ª a sábado, das 9h às 12h e das 14h às 16h

2D Comunicação Impressa e Digital